Blogger Backgrounds

terça-feira, 22 de junho de 2010

Lágrimas norte-coreanas


Não podia deixar de comentar o choro do jogador norte-coreano, Jong Tae-se, durante a execução do hino nacional daquele país momentos antes do jogo em que a nossa selecção os enfrentaria. Tae-se é o mais badalado atleta de sua selecção e foi criado no Japão e é filho de pais sul-coreanos. Teve sua nacionalidade negada no vizinho do sul antes de conseguir se naturalizar pelo país socialista.


Ninguém sabe porquê Tae-se então chorava já que a Coreia do Norte é uma aberração, um país comandado por um ditador, Kim Jong-Il, onde milhões de pessoas passam fome e não há liberdade. Não havia torcida norte-coreana no estádio, eram todos actores chineses contratados pelo regime norte-coreano simulando que eram norte-coreanos.

O choro dele me fez lembrar uma frase que outro dia vi num filme coreano (sul-coreano que é um pais prospero e democrático) “Ria e rirá com o mundo, chore e chorará sozinho".

Ao vê-lo chorar confesso que fiquei emocionado e também chorei pelo choro dele. Copa do Mundo de Futebol não é uma guerra entre nações, mas sim um congraçamento esportivo.

Os norte-coreanos estão à beira da fome generalizada, vivendo totalmente desolados do resto do mundo e sobre o governo desse ditador, que não permitiu a exibição da Copa do Mundo de 2010 em seu país, a não ser que sua selecção vença alguma partida, daí seria transmitido o VT com cortes!

Quero acreditar que Tae-se estava chorando porque pensava na infelicidade das 24 milhões de pessoas do povo norte-coreano.

(Andre Luis Aquino)

Nenhum comentário: