Blogger Backgrounds

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

EL VIENTO EN LA ISLA

El viento es un caballo
óyelo como corre
por el mar, por el cielo.

Quiere llevarme: escucha
como recorre el mundo
para llevarme lejos.

Escóndeme en tus brazos
por esta noche sola,
mientras la lluvia rompe
contra el mar y la tierra
su boca innumerable.

Escucha como el viento
me llama galopando
para llevarme lejos.

Con tu frente en mi frente,
com tu boca em mi boca,
atados nuestros cuerpos
al amor que nos quema,
deja que el viento pase
sin que pueda llevarme.

Deja que el viento corra
coronado de espuma,
que me llame y me busque
galopando en la sombra,
mientras yo, sumergido
bajo tus grandes ojos,
por esta noche sola
descansaré, amor mío

(Pablo Neruda



terça-feira, 28 de setembro de 2010

ÊTA MACAQUINHA DANADA!!!

Nossa, mas que jogo ruim!!! Uma verdadeira pelada!!!

Agora que a Ponte Preta precisa ganhar pra voltar pro G4 faz esse jogo medíocre! Foi duro assistir... mas (ainda bem que tem um mas) nos últimos minutos dos acréscimos conseguiu empatar.

Ufa, que sufoco!!!

A gente sofre mas... continua torcendo...

                                    É isso aí...

domingo, 26 de setembro de 2010

GEOMETRIA DOS VENTOS

Eis que temos aqui a Poesia,
a grande Poesia.
Que não oferece signos
nem linguagem específica, não respeita
sequer os limites do idioma. Ela flui, como
um rio.
como o sangue nas artérias,
tão espontânea que nem se sabe como foi
escrita.

E ao mesmo tempo tão elaborada -
feito uma flor na sua perfeição minuciosa,
um cristal que se arranca da terra
já dentro da geometria impecável
da sua lapidação.

Onde se conta uma história,

onde se vive um delírio; onde a condição humana
exacerba,
até à fronteira da loucura,
junto com Vincent e os seus girassóis de fogo,
à sombra de Eva Braun, envolta no mistério ao
mesmo tempo
fácil e insolúvel da sua tragédia.
Sim, é o encontro com a Poesia.

(Rachel de Queiroz)


sexta-feira, 24 de setembro de 2010

OUTRO BLOG

Acabei de abrir as portas de um novo blog - RECANTO DE PALAVRAS, onde colocarei apenas as coisas que escrevo.

Vou esperar a visita de vocês por lá. Anotem o endereço:

wwwrecantodepalavras.blogspot.com

Apareçam!!!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O PLANTADOR DE GIRASSÓIS

O plantador de girassóis
Lá vai ele semeando azuis.

Passa por terras ácidas,
por marés graves,
que converte em focos de luz.
Deve ter uma orquestra no bolso
e sementes de sol no coração.
A fila cresce:
o que admira,
a que suspira,
a que padece.
O semeador avança,
a orquestra toca,
o mundo, sem querer, entra na dança.
A festa aumenta.
Se a noite ciumenta se apresenta
e em protesto espalha seu negrume,
o semeador derrete a escuridão:
seduz a estrela e acende um vagalume.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

VIVA O RECANTO!!!

Em 22 de setembro de 2008 escrevi:

"Hoje está um dia lindo! Um lindo dia pra abrir este blog..."

E hoje, 22 de setembro de 2010 posso escrever:

"Hoje está um dia lindo" Um lindo dia pra comemorar o 2º ano deste blog..."

Nesses dois anos estive por aqui quase todos os dias e, tudo o que foi escrito, adicionado, copiado, foi escolhido com muito critério e carinho, pois sempre imagino amigos lendo, curtindo. E, imagino também pessoas chegando pra conhecer meu recanto.

Agradeço todos os comentários, os e.mails que tenho recebido, que têm servido de incentivo e são abraços amorosos pra meu coração.

Então, puxem uma cadeira, comam um pedaço de bolo pra comemorar o 2º aniversário desse filhote que está aprendendo a caminhar.

Abraços a todos com meu afeto.


segunda-feira, 20 de setembro de 2010

DIA DO GAÚCHO

20 de setembro é comemorado o DIA DO GAÚCHO e a REVOLUÇÃO FARROUPILHA.

Parabéns aos gaúchos!!! E, minha saudade dos lindos anos que por lá vivi, fui feliz e coloquei neste mundão dois gaúchos.

Feliz dia, feliz vida pra ti, gaúcho!!!


O Campeador com as rédeas do tempo

(Carlos Nejar)

Quando os ventos chegarem
na terra forte,
quando as nuvens rolarem
sobre as nuvens
e o vento se deslocar
sobre o vento,
o sonho tombará o sonho,
reverdecendo.

Quando o vento se deslocar
sobre o vento
na terra forte,
os homens serão setas no tempo.
O tempo destila o tempo.

II.
Os ventos serão asas,
os homens serão ventos,
as noites serão as noites
dentro das noites,
as casas
dentro dos homens,
o tempo.

A morte sempre vivida
é vida multiplicada.

III.
Nada,
nem a lentidão do drama,
o curto espaço
em que habitava,
o fio da espada,
nem os trópicos,
nada embaciava
aquela onda :
o Cavaleiro e sua jornada.

IV.
As pedras se transformam
em astros longe ventando,
os pássaros retomam
os horizontes de vento.
As noites passam
dentro das noites
e os ventos dentro
dos ventos.

A morte sempre vivida
é vida multiplicada.

V.
O vento é o vento ,
a vida é noite
cheia de ventos,
porém ao vento
como encontrá-lo ?

Na sombra branca ,
na sombra branca,
na sombra branca de seu cavalo.

VI.
O vento é o vento;
as crinas não rompem
o silêncio
e ao seu galope
retumba a água,
prossegue sempre,
até que o tempo
desmonte a morte,
no seu galope,
desmonte o tempo.

Prossegue sempre.

VII.
Quando os ventos forem caminhos
e os ventos-ventos forem sementes,
quando os cavalos forem moinhos
e a noite negra for transparente.

Quando os ventos forem caminhos,
quando os barcos forem poente,
quando os cavalos forem moinhos,
moendo a noite tranquilamente.

Quando os ventos forem caminhos,
a vida cheia de ventos
na vida feita semente,
moendo o jugo com seus dentes.

Quando os ventos forem caminhos,
seremos ventos e ninhos,
sombras esguias, ventos-moinhos,
moendo a noite nos seus caminhos.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

UM BOLO PARA O FINAL DE SEMANA

Na minha casa o que não pode faltar é bolo e, hoje fiz um super simples, mas que fica uma delícia!! É super fácil! Experimentem que vão gostar.

BOLO DE LEITE CONDENSADO

1 lata de leite condensado
4 ovos
2 xícaras (de chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (de chá) de manteiga derretida e fria
1 colher (de sopa) de fermento em pó

MODO DE FAZER

1. Bata todos os ingredientes no liquidificador, sendo que o fermento 
   é o último a ser batido.
2. Coloque em forma untada e enfarinhada e leve para assar.

Se gostar, depois de assado e colocado em prato próprio para bolo, jogue um pouco de leite condensado por cima. Pra quem não se preocupa com a balança... fica melhor ainda...

Obs.: O bolo não fica muito doce.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

PALAVRAS DE CLARICE LISPECTOR

O mundo em que vivemos, talvez seja um mundo de aparências.  
A espuma de uma realidade mais profunda que escapa ao tempo, ao espaço,
a nossos sentidos e a nosso entendimento.
Mas, nosso mundo da separação, da dispersão, da finitude, significa
também o mundo da atração, do reencontro, da exaltação.

E estamos plenamente imersos nesse mundo que é o de nossos sentimentos, felicidades e amores. Não experimentá-lo, é evitar o sentimento, mas também não haverá o gozo.      Quanto mais estamos aptos a felicidade, mais nos aproximamos da infelicidade…

“A infelicidade caminha lado a lado com a felicidade,
a felicidade dorme ao pé da infelicidade.”

Significa que ao abrir nosso coração abrimos pra tudo, porque no fim tudo valeu!"

“Se o amor expressa o ápice supremo da sabedoria e da loucura, é preciso assumir o amor.”

(Clarice Lispector em Água Viva)

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

O VESTIDO


No armário do meu quarto
escondo de tempo e traça meu vestido
estampado em fundo preto.

É de seda macia desenhada em campânulas
vermelhas à ponta de longas hastes delicadas.
Eu o quis com paixão e o vesti como um rito,
meu vestido de amante.

Ficou meu cheiro nele, meu sonho, meu corpo ido.
É só tocá-lo, volatiza-se a memória guardada:
eu estou no cinema e deixo que segurem minha mão.
De tempo e traça meu vestido me guarda.

(Adélia Prado)

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

CRIANDO UM DELINQUENTE

O Departamento de Polícia de Houston, Texas, elaborou uma lista enumerando 9 MANEIRAS FÁCEIS DE COMO CRIAR UM DELINQUENTE. A lista é a seguinte:

1 - comece, na infância, a dar ao seu filho tudo o que ele quiser. Assim, quando crescer, acreditará que o mundo tem obrigação de lhe dar tudo o que deseja.

2 - quando ele disser palavrões, ache graça. Isso o fará considerar-se interessante.

3 - nunca lhe dê orientação religiosa. Espere até que ele chegue aos 21 anos, e “decida por si mesmo”.

4 - apanhe tudo o que ele deixar jogado: livros, sapatos, roupas. Faça tudo para ele, para que aprenda a jogar sobre os outros toda a responsabilidade.

5 - discuta com frequência na presença dele. Assim não ficará muito chocado quando o lar se desfizer mais tarde.

6 - dê-lhe todo o dinheiro que quiser. Nunca o deixe ganhar seu próprio dinheiro. Por que terá ele de passar pelas mesmas dificuldades por que você passou?

7 - satisfaça todos os seus desejos de comida, bebida e conforto. (Negar pode acarretar frustrações prejudiciais).

8 - tome o partido dele contra vizinhos, professores e policiais. (Todos têm má vontade para com o seu filho).

9 - quando se meter em alguma encrenca séria, dê esta desculpa: “nunca consegui dominá-lo.”

Aja assim, e prepare-se para uma vida de desgosto. É o seu merecido destino.

OBS: Nem sempre ajudamos na evolução dos seres amados, mesmo com boas intenções. É preciso ensinar a pescar, porque só assim as crianças (físicas e espirituais que somos todos nós perante a Deus), apreenderam a dar valor aquilo que tem. A única coisa que devemos dar à vontade é o amor, mas não confundí-lo com proteção exagerada...

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

QUANDO ELA CHEGOU

Quando ela chegou fiquei cismada: será mesmo ou estou sonhando?

Sempre quis ser avó e, imagino que isso tenha sido porque tive avós maravilhosas e queria ser também lembrada e querida como elas foram e são.

Quando ela anunciou que ia chegar, que a malinha já estava arrumada, fiquei tão feliz que contava para as amigas, os conhecidos, os parentes: gente, vou ser avó! E, seria uma garotinha que até escolhi o nome, já que a mamãe queria um nome diferente então, seria Pietra. O nome não é lindo?

E linda é minha neta: moreninha, olhos vivos, mente viva e cuca legal. Esperta, inteligente. abusada, metida... ela é daquelas que vieram pra mostrar ao mundo que chegaram, sem ficar escondida com medo da vida.

O que desejar a ela no dia de seu aniversário? Que seja muito feliz, que a vida a trate com carinho e generosidade, dando a ela coragem e muita criatividade para viver nesse mundo maluco.

Que ela saiba ser amiga dos amigos, da irmã, do papai e da mamãe. E que saiba que sempre vovô e eu estaremos amando-a e procurando ajudá-la a ser feliz.

Comemore a vida, querida!!! Seja feliz e leve a sua felicidade ao mundo.