Blogger Backgrounds

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Jogo França x Irlanda

Pivô de polêmica, Thierry Henri diz que jogo França x Irlanda deveria ser anulado


O atacante Thierry Henry, que colocou a mão na bola no lance do gol que classificou a França para a Copa-2010, disse nesta sexta-feira que aprova o pedido da Irlanda de repetir a partida, apesar de a Fifa já ter descartado essa possibildade.

"Repetir a partida seria a solução mais justa", afirmou o francês Henry em um comunicado enviado a um canal de TV britânico.

"Mas isso [decidir sobre a partida] está fora do meu controle. Pouco posso fazer além de admitir que a bola esteve em contato com minha mão antes do gol e que sinto muito pelos irlandeses."

Na quarta-feira, em Saint-Dennis, no jogo de volta pela repescagem das eliminatórias da Europa para a Copa, a França chegou ao empate com a Irlanda na prorrogação com um gol irregular, após terminar o tempo normal perdendo por 1 a 0.

Thierry Henry, capitão da seleção da França, domina a bola com a mão na área, antes de fazer o passe para o gol contra a Irlanda.

No lance, Henry dominou a bola com a mão e tocou para Gallas, que desviou para as redes. Com o resultado, os franceses ficaram com a vaga, pois venceram o jogo de ida, em Dublin, por 1 a 0.

"Não sou um trapaceiro, nunca fui. Foi uma reação instintiva a uma bola que chegava extremamente rápido em uma área muito povoada", disse Henry na ocasião.

"Nunca neguei que controlei a bola com a mão. Disse isso aos jogadores irlandeses, ao árbitro e aos jornalistas."

A Irlanda havia solicitado à entidade que o jogo fosse disputado novamente, alegando que "a decisão grosseiramente incorreta do árbitro de validar o gol feriu a integridade do esporte". No entanto, não teve atendido o pedido.

Minha opinião:

Mas por que, então, Henry não teve coragem de admitir durante o jogo que tinha feito o gol com a mão??? Claro que ficou com medo dos franceses, mas, certamente seria reverenciado, não só pelos irlandeses, mas por todo o mundo.

É, coragem de enfrentar é para poucos, não para Thierry Henry, que, com seu medo tirou o sonho dos irlandeses - lamentável!!!

É isso...

Nenhum comentário: