Blogger Backgrounds

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

MAMÍFEROS


Somos mamíferos
Do mesmo modo que o são
O cão e o gato,
A ovelha, o coelho, o lobo,
O lince, a vaca,
O canguru, a paca,
O leão,
O chimpanzé e o rato...
Mamíferos,
Dependentes dos ductos lactíferos
Do mesmo modo que são os dromedários,
Nossos irmãos de hábitos mamários,
Como também o camelo, o leão marinho, a anta, o mico-leão-dourado,
A onça parda,
A onça pintada,
O quati,
O tamanduá
E o leopardo...
Que coisa boa:
Mamíferos como a leitoa
E os bacurinhos,
E quase, como eles, tão lindinhos...
Somos mamíferos
Como o elefante africano,
Da mesma forma que o rinoceronte...
Alimentamo-nos da mesma fonte
Que o texugo mama
E onde também a lhama...
Dependuramo-nos na mesma mama...
Irmãos da mesma livre demanda
Da ratazana,
Da jaguatirica,
Da onça pintada
E do urso panda...
E embora apaixonados por teorias,
Por técnicas controvérsias, prós e contras,
Somos mamíferos
Como são os lobos, quem diria,
E os hipopótamos, os javalis e as lontras...
Como o morcego lanudo
E o ratinho caseiro,
Somos da mesma forma atraídos pelo cheiro
Do leite do peito.
E não tem jeito:
Somos mamíferos.
Alimentamo-nos das mesmas mamas cheias
Do modo como se alimentam as baleias
(e porque não, gnomos e sereias?)
e da mesma maneira
que alimentam-se a toupeira
E o canguru e o boto
E o rato-do-campo-do-rabo-curto,
O tatu-peba, se não me engano,
E ainda o tigre siberiano,
Do mesmo modo que eles
Nós mamamos...
Mesma atração instintiva por mamilos
Que possuem os veados e os esquilos,
E da mesma forma que a baleia anã,
Nossa irmãzinha,
Somos os filhos da apojadura
Como o arminho,
Como a doninha,
Como a fuinha...
Somos os donos da próxima mamada
Como os sacarrabos,
Como os gatos bravos,
Como a onça bastarda...
Somos mamíferos,
E como nossos irmãos do peito
Sobrevivemos aos milênios do mesmo jeito:
Ninho, aconchego, calor,
E leite quente,
Naturalmente...
E muito embora
Aparentemente
Mais inteligentes,
Nós, homo-sapiens,
Não nos enganemos:
Do mesmo modo que os irmãos que temos,
Que mamam da mesma forma que o fazemos,
E crescem do mesmo modo que crescemos,
A mesma mama,
A mesma sucção,
Por que é que ainda não nos convencemos?
Somos mamíferos...
Por que é que tanta gente acha que não?

Luis Alberto Mussa Tavares

Nenhum comentário: